Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

27 de dezembro de 2016






                                                                 imagem da Internet.

Natal
Ano Novo
Férias
Viagens
A propósito
"Elas"
Sempre são,
Responsabilizadas
Pelo excesso de bagagens.
É que,,
"Eles"
Não entendem
Que  mulheres
Dentro de suas bolsas
Carregam também
Seus sonhos.

Lourdinha Vilela

24 de dezembro de 2016

Historinha para Boi dormir.




  Uma  menina conversava alegremente com  o pai, enquanto  esse procurava no livro em suas mãos alguma bela história de NATAL   para contar  para a filha.
O livro era bem antigo e tinha uma linguagem  um pouco ultrapassada,  e ele teria que substituir palavras para que ela pudesse entender.  Daí veio a vontade de perguntar a filha quais eram as palavras que por algum motivo ela gostasse mais.
A menina pensou  em  todas as palavras  que de uma certa forma mexiam   e  se torciam  dentro do seu coração por diversos significados , sentimentos, presença, lembrança, afetos mil e até por simplesmente gostar.
Enfim ela começou a falar ;
- As primeiras, talvez as menores de todas , porém uma imensidão
 - Mãe.
- Deus.
-Pas – sarinho –  
 Na terceira, a menina criou  um certo suspense até completar a palavra . O  pai com certeza  no instante em que  pronunciou  a primeira sílaba pensou  - Ela vai dizer , pai.  Até se decepcionar   quando a palavra  foi totalmente dita.
-Olhou –a  bastante surpreso , balançou a cabeça e pediu que continuasse .Daí veio uma chuva de palavras.
-Árvore, ,Orvalho, sol, Montanha, Lua, Luar, crespúsculo. – É crepúsculo- interrompeu o pai. – E continuou:- Rio, riacho, Céu, mar, estrela,  escola, pão, café, boneca, salgadinho, pipoca,sorvete, etc.
- Ah.- Disse ela-   Ia me esquecendo  de falar do Papai Noel.
Está bem filha. Disse-se lhe o pai, encantado com  a  simplicidade e inocência da menina, que parecia rabiscar   o chão com o próprio olhar.
-Um dia minha filha,   irá conhecer palavras e mais palavras que você não tem  ideia  da quantidade, da diversidade , do simbolismo. O mundo é feito de palavras e significados, e através delas, a gente se transforma em um imenso dicionário.   Algumas vezes elas poderão ser  doces, noutras poderão te ferir e magoar , noutras poderão te  emocinar, e te levar a querer conhecer mais e mais palavras.
- Porém... Estou um pouquinho só, triste com você!
- Por que papai - perguntou a garota
Você pronunciou tantas palavras, mas faltou uma.  - Pai!
- Ou será que você não gosta do seu pai, ou quem sabe você se esqueceu mesmo?
-Não papai . - disse a menina. Eu eu não me esqueci não e acabei de falar.
 -Papai Noel.
-Ou você pensa que eu já não sei quem ele é .
- Abraçou o pai  e disse – Ele é você papai.
 -Feliz Natal .

Lourdinha Vilela.




18 de dezembro de 2016

21 de novembro de 2016



O meu olhar atento
segue e cerca passarinhos,
para que eu possa
aprender deles,
bem de pertinho,
voos  de  liberdade.

Lourdinha Vilela.



26 de setembro de 2016


Imagem da Internet.


Recruto os meus sentidos.
Todos estão a postos,
E o meu olhar tão claro e amigo
revela de mim sentimentos quase expostos.

A primavera  é quem  surge,  
 agora, sem sombras, na delicada manhã,
meu olhar  sedento  urge
flor de romã.

Uma prece oportuna,
com a vida me reconcilia.
Ah! meu olhar de sonhos
de flores  e poesia.


Queridos amigos(as)  estou de volta, cheia de saudades!!!
Aos poucos quero retomar, resgatar  amizades que sempre me trouxeram  muitas alegrias.
Dois longos meses de espera  a contar de duas cirurgias e a confecção de novas lentes que me deixaram aptas pra leitura e escrita.  Peço desculpas pela ausência.  
Um grande abraço.

 foto Lu.

Uma Feliz Primavera !!!