Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

22 de agosto de 2017


7 comentários:

  1. Olá, Lourdinha!
    Gostei da imagem e do seu belo poema. Parabéns.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  2. Beleza de inspiração! Lindo! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Muito belo, Lourdinha!
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Nas folhas, o registro da luz das rotas da lua e do sol!....
    A grande poesia (a sua...) é assim, nos toca na alma
    das palavras...
    Sublime, querida poeta!!
    Beijo

    Ps: Lourdinha, ainda não tinha dito o quanto eu acho
    belo este titulo do seu blog. Tenho uma imensa sintonia
    pela sua poética; admiração e afinidade com as raízes
    da sua inspiração e talento, viu!...

    ResponderExcluir
  5. sempre um trabalho de sensibilidade ímpar que revela sua alma poética...gosto demais ...
    um abraço

    ResponderExcluir
  6. Lindo poema Lourdinha...

    Bom estar aqui novamente.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir