Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

12 de julho de 2017

Cotidiano

Imagem da Internet




Perto da minha casa,
Aqui no bairro,
Tem um comércio bom!
Tem farmácia, tem padaria,
Lotérica e um mercadinho.
Mas se tem uma lojinha
Que me encanta
é o tal do armarinho;
Nem tão grande , nem pequeno
Do tamanho de um ninho,
Pois lá cabem sonhos
para sonhar bem miudinho;
Lantejoulas, lãs e linhas
Fitas, carretéis,
Lápis preto e coloridos
Uma grandeza em papéis
Tintas , pincéis e telas
Material escolar
Apontador, borracha, cartões
Bonecas de pano e bisqui,
Tesoura, alicate, pinça
Agulhas, e botões.
Bijuteria barata,
Banhada com cara de festa,
Plásticos a mil
Agendas,  carretilhas ,caixinhas
Bateria pro celular
Etc.
Coisinhas para o Natal
Dia das mães e São João
Fantasias para o carnaval
Um mundo de trecos
Para o artesão;
E a se precisar
Trocar  o botão do jeans...
É assim.
Um tudo de tudo, tem!
Se você pensou em alguma coisa
Pode contar,  tem também
Um estande na entrada,
 Mesa guarnecida,
 Louça de porcelana  branca
 Te convidam para um café.
Mas não pense que  é de graça,
A Dona esperta é,,
Se comprar alguma coisa
E mostrar o comprovante
Logo te servirão
um café espumante.
Vai açúcar ou adoçante?
Queijos   presunto  e mortadela.
Tudo pra chamar  clientela,
 Sequilhos de polvilho
Com recheio de goiabada.
Tem  tapioca quentinha,
Mas o dono da padaria
Não está gostando de nada.
 Ah!! Se eu ganhasse um milhão,
Faria uma proposta
E compraria
O Armarinho da Conçeição.

 Lourdinha Vilela


 











4 comentários:

  1. Parabéns, Lourdinha, pelo belo poema.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  2. Essas coisinhas tb me encantam.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Muito.lida a foto e poesia! Bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  4. Um armarinho daqueles bem sortidos...um sonho de consumo em qualquer lugar do mundo!
    Amei!
    um abraço

    ResponderExcluir