Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

26 de outubro de 2013

Da submissão.

Imagem da Internet

O que pensar, senão os teus pensares?
O que sorrir, senão o riso largo na tua boca?
-Esta praia com as pedras cobertas pela areia branca!.
O que chorar, senão as tuas penas,
 quando te encontras no fundo de tua imensa tristeza.?
O que viver, senão o teu sopro, quando dizes que me ama?.
O que celebrar, senão  a tua vida...

Lourdinha Vilela





17 comentários:

  1. Inteira e completa submissão.Bonita na poesia, mas na vida,rs... Não a queremos! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Nem pensar Chica. Oque preservo é o companheirismo, a amizade e o respeito mútuo.

    ResponderExcluir
  3. Lourdinhamiga

    A "culpada" de eu estar aqui é a nossa querida e comum Chicamiga. Tenho de te dizer, plagiando o Júlio César: Cheguei, vi e... gostei E uma nota final: És uma Petisa! Com maiúscula.

    Sou um velho [72... ;-) :-) :-)) fã da Françoise Hardi. Bravo!

    Qjs = queijinhos = beijinhos

    Henrique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique, seja muito bem vindo.A Chica é também muito querida.

      Sou fã há muito tempo dessa cantora ,adoro suas canções..
      Muito obrigada.

      Excluir
  4. Quando se ama, a doação é completa...Beijos, cara Lourdinha!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Lurdinha!!
    O amor tem que ser recíproco para podermos desfrutar as lindas frases que colocaste e aproveito para parabenizar a sua bela canção que escolheste.
    Tenha um ótimo domingo!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  6. Passando para te desejar um ótimo domingo!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  7. Muito belo, Lourdinha...um mergulho profundo na própria alma na busca do entendimento do outro.
    A música e o vídeo belíssimo!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Que poesia mais linda,Lordinha! Na submissão se perde a própria voz e sentidos...bjs e boa semana,

    ResponderExcluir
  9. O poema é um pouco triste, apesar da intensidade do amor. Françoise Hardy, dela eu gosto muito da canção l'amitié.

    ResponderExcluir
  10. Triste e lindo poema, Lourdinha.
    E Françoise Hardy fazia tempo que não a ouvia. Adorei a escolha.
    Dias luminosos para você sempre.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Lourdinha
    Parece-me que não consegui comentar quando fui publicar.
    Eis outra vez . Magnífico o seu poema, embora triste e Françoise Hardy,f azia tempo que não ouvia.
    Adoro os seus poemas.
    Uma linda semana para você.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Lindo!
    Sempre inspirada querida Lourdinha!!
    Uma linda semana pra ti.
    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir
  13. Muito bonita a poesia...
    Boa semana Lourdinha
    Beijo
    decorehouse

    ResponderExcluir
  14. Que inspirada e binita
    poesia.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ouvir Françoise Hardy ao ler teu poema é um privilégio, Lourdinha!
    Obrigada!

    Boa semana.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  16. Boa música boa escrita bom vir aqui!
    obrigada Lourdinha por proporcionar-me um momento feliz num dia comum,

    ResponderExcluir