Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

5 de março de 2016

                                                                    Imagem da Internet.

Ao cansaço do dia
Misturei meus versos
 Embalou-me 
A poesia

Lourdinha Vilela
reeditando

8 comentários:

  1. Bonita imagen. Gracias por compartir tus poesías.
    Feliz domingo.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  2. LINDO! Vale ler, reler e se encantar sempre! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Linda postagem!
    Beijos, uma boa semana!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  4. Se não desfaz o cansaço, pode iluminar o dia. Bendita poesia!!!!! Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Lindo demais, amiga!
    Nada como o embalo da poesia para relaxar corpo e mente.
    Ameiii!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Lourdinha,
    embalar-se em poesia é um mimo ;)
    Às vezes também gosto de ir buscar postagens antigas e relembrar ou dar uma "lavagem" - é bom.

    bj amg

    ResponderExcluir
  7. A poesia sempre me embala e fico a ler repetidamente.
    Obrigada Lourdinha
    abraço

    ResponderExcluir
  8. Vim avisar que entrou esse texto como semente por lá!Espero gostes! bjs chica

    Aqui!

    http://canteiroqueunesementes.blogspot.com.br/2016/05/33-sementevem-da-lourdinha-vilela.html

    ResponderExcluir