Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

11 de fevereiro de 2016

Crepúsculo



Há um tanto de mim neste céu,
Quando me douro de sonhos
Ao desenhar poemas
sob o adormecer do sol.

Lú Vilela


Fotografia Lú
Palmital- MG.


reeditado


13 comentários:

  1. Olá Lourdinha,
    Grandiosa foto para um sublime poema!
    Quanta sensibilidade. Adorei!
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
  2. Maravillosa vista, un panorama inolvidable para pensar y sentir.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lourdinha , linda foto e maravilhosa sintonia.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Um abençoado fds pra vc.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha de postagem, Lourdinha!
    Um beijão, amiga!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  6. Que belos seus versos!!! Desenhou-os sob uma luz mágica. Parecem nascer de sua foto. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Linda foto e como é bom,tingir da cor do sol nossos sonhos.
    Sônia

    ResponderExcluir
  8. Ha tanto de cada um de nós no ceu maravilhoso, seja ao amanhecer..ao entardecer e até naqula noite cor de breu, se o soubermos observar é sempre uma maravilha Maravilhosos são tambem as tuas fotos e palavras. Beijinhos, amiga e fica bem!
    Emilia

    ResponderExcluir
  9. Linda foto e poema, Lourdinha!
    Há muito de você em tudo aqui.
    Lindo final de semana e ótima noite.
    Obrigada pela visita carinhosa. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Linda foto, Lourdinha! E muito bela também a imagem do eu-lírico a se dourar de sonhos!

    ResponderExcluir
  11. Vim aVISAR QUE ACABOU DE ENTRAR TEU CÉU POR LÁ! oBRIGADÃO! BJS, CHICA

    http://ceuepalavras.blogspot.com.br/2016/05/ceu-da-lourdinha.html

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde, querida Lourdinha!
    Um céu lindíssimo e com tons energizantes mesmo na noite...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir