Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

8 de julho de 2013

Café da manhã





Nessa manhã,
Olhando para o céu
Espero...
Hoje a névoa é densa
 Gotículas sobre folhas
Cristais liquefeitos
Embaçando a visão.



A lua distante, projetando-se ainda
Entre flocos de algodão
 É o meu primeiro presente
E ao céu minha serena gratidão.




A névoa agora se desfaz aos poucos
Com a força
Que insiste em ser
Mais uma linda manhã de sol.



Permaneço gelada no peitoril da janela            
Aquecida apenas pela sensação ardil
Do meu olhar invasor de paisagens tão belas,
 Espero...
Bola de fogo, gato manhoso, eis que surge o sol
Bem de mansinho, fazendo nascer colorido o dia
É o amarelo da manteiga no pão
O alaranjado no suco de mamão
Os riscos negros das folhagens na contraluz
Lembram-me o café...
O café da manhã no campo, que mais me seduz.

 Fotografia. Lú Vilela


13 comentários:

  1. Maravilhoso acompanhar passo a passo cada fase. Lindo! Lindas fotos também!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Que lindo ver o amanhecer!...fotos maravilhosas que fixam na memória este momento de passagem do alvorecer.Senti até o cheiro do café fresquinho...muita saudade.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. É linda a transformação do nascer do dia né Lu?
    Como sempre, palavras inspiradoras e lindas!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Alma poética degustando cada momento...
    Que lindo, Lourdinha, acompanhar com poesia cada detalhe
    do nascer do dia.
    Parabéns!
    Beijo e um bom dia regado de poesia!

    ResponderExcluir
  5. Poema de declaração à natureza? Lindo!
    E as fotos acompanham, né amiga?
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Um lindo poema pintado de natureza ao sabor do café da manhã.

    Uma boa tarde para você. bjs.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Lourdinha, adorei até viajei junto com você bjks tenha uma semana iluminada....

    ResponderExcluir
  8. Oi Lourdinha, que lindo poste, depois de ler ficamos imaginando uma manhã linda e romântica como esta.
    passei para te deixar um abraço e este pensamento:
    Ilumine seu olhar com a sinceridade.
    Faça dos seus dias, um marco de amor.
    Dê a alguém a gentileza da sua afeição.
    Agradeça a Deus cada hora vivida.
    deixe suas pegadas enquanto é tempo!
    Uma noite abençoada, abraçoss
    Lourdes Duarte

    ResponderExcluir
  9. Oi Lourdinha
    que lindo café da manhã ! o nevoeiro dos dias e inverno trazendo esse arzinho triste e frio e prometendo um sol tépido a nos abençoar!!
    Lindo demais tudo por aqui_ acho que vou ficar mais um pouquinho 'catando' inspiração para a minha noite e levando comigo uns poeminhas doces que calam bem fundo na minha alma, Sei que pode porque poetas depois que publicam deixam de graça para seus leitores... rs
    Obrigada pela leveza que passa com as fotos e as palavras .
    um bom sábado e domingo e ótima semana.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lourdinha
    Esqueci de dizer que infelizmente nao sei o nome da flor lilás - ela é bem comum e forma um arbusto com muitas folhas e galhos. Temos na área que dá acesso ao condomíio _ qualquer hora vou pesquisar o nome ok?
    um abraço grande

    ResponderExcluir
  11. um dia cinzento pincelado com palavras belas...

    :)

    ResponderExcluir
  12. Estão ótimas suas fotos, mostrando o foco que inspirou seus lindos versos. O dia amanhece preguiçoso para que acompanhemos seus movimentos leves, até que o sol deixe de se esconder. Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Lourdinha!
    Que delicia que é ver o dia amanhecer com essa névoa e a expectativa de um lindo dia ensolarado!
    Um delicioso café da manhã no campo é tudo o que todo mundo sonha ter, pelo menos nós né amiga?
    Amo mar e campo, sempre que posso me dou uma folga e saio a procura desse seu paraíso aí!
    Beijos!

    ResponderExcluir