Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

28 de outubro de 2012



Do rio, entre a mágoa e o perdão,
Por que não ser a ponte?

Lú Vilela





 Imagem- Cláudio Monet - O Lago das Ninfas- Harmonia Verde



5 comentários:

  1. Uma posição sábia. Só com a ponte se atravessa esses sentimentos. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo ! E como podemos!!beijos Mariangela

    ResponderExcluir
  3. Seria, definitivamente, a melhor solução.

    ResponderExcluir