Poesia

A Poesia alcança as fadas, encanta a chuva na madrugada, acompanha os ébrios nos dormentes e se mistura à solidão nas calçadas.

11 de janeiro de 2012


Um pouco de céu
Um pouco de mar
Um milhão de estrelas pra contar
Queria um poema pra festejar
Com muitos amigos estar
Poderia no papel o céu  pintar
Na poça da chuva  criar um mar
E as estrelas no meu colar
O poema estou a citar
Mas amigos ?
Os Amigos não posso inventar!

Por: Lourdinha Vilela

3 comentários:

  1. Aqui está o seu poema e uma amiga pra festejar.
    Que belo!

    Ótima noite, Lourdinha!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nádia, pelo carinho sempre presente.

      Excluir
  2. Olá Lourdinha, sou eu quem tem que te agradecer, seu blog é lindo, tanto as poesias quanto as imagens que as acompanham. Obrigada por compartilhar. Bjinhos e uma ótima semana pra vc!!!

    ResponderExcluir